Sala de Imprensa

Streaming e educação: a medicina na palma da mão

A pandemia expandiu o universo de Health Tech. E as universidades? Resistem ao universo digital? A plataforma Jaleko, que conquista cada vez mais o mercado do ensino superior, demonstra que a MedTech propõe aos futuros médicos uma forma inovadora de estudar

A medicina esbanja tecnologia em diversos setores, mas na questão da educação, muitos ainda insistem em utilizar apenas o método presencial que é indispensável, porém, o reforço de matérias online pode trazer incontáveis benefícios aos estudantes.

A startup Jaleko, ativa desde 2011 como a maior plataforma de streaming com conteúdo voltado aos estudantes de medicina, é a prova de que a revolução na educação veem sendo construída, e agora se consolida como uma ferramenta extra para os estudos. São mais de 7000 videoaulas com os mais variados temas desde anatomia básica à medicina intensiva e temas “além da medicina” como soft skill, empreendedorismo e inovação, que auxiliam o aluno durante os seis anos de aprendizado. Inclusive na fase de residência, com conteúdos específicos e lives sobre enfermidades factuais, como o caso do Covid-19.

Apesar de ser focado no futuro médico, alunos de outros cursos como enfermagem, odontologia e fisioterapia também são beneficiados com as mais diversas matérias do ciclo básico.

Além do formato streaming para todos os alunos, o Jaleko supera as expectativas de seus fundadores e conquista o mercado das universidades e já conta com instituições de ensino renomadas como a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

Eu já conhecia o Jaleko através dos alunos, eu observava eles usando na biblioteca. É maravilhoso nós podermos agora disponibilizarmos algo que complementa no aprendizado dos alunos, os colocando em uma posição mais ativa para pesquisar, tirar suas próprias dúvidas em materiais confiáveis como videoaulas, resumos, mapas mentais e outros, em qualquer hora e em qualquer lugar. O Jaleko vem para agregar ainda mais as ferramentas já oferecidas pela biblioteca. - Ana Rachel Fonseca (Bibliotecária de Ciências Biológicas e Medicina da UERJ)

Além da UERJ, a plataforma já fornece os serviços para a Estácio de Sá e a Multivix. Com a parceria, as instituições conseguem aplicar simulados (com questões de Enade – (O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes), além de proporcionar aos alunos mapas mentais, resumos, lives tanto de professores do Jaleko como da instituição de ensino, inclusão de suas próprias aulas, ou seja, tem todo o analytics via módulo de administração específico e necessário.

A startup prevê crescimentos. Até julho deste ano, puderam avaliar uma ampliação de 120% em todas as áreas e o aumento de 77% dos cadastros. Além de mais de 1 milhão de acessos no blog que dispõem de conteúdos relevantes.

Atualmente a nossa empresa cresce mais de 100% ao ano, já pela segunda vez seguida. Isso não mostra apenas que o produto funciona, mas também o que os estudantes querem. Acho que não podemos mais ignorar a vontade dos nossos alunos, as tecnologias vieram para ajudar e somar. Os resultados do Jaleko se resumem a uma única característica da empresa: primeiro escutamos o que nossos alunos precisam e querem e depois criamos. – Lucas Cottini (CEO – Jaleko)

Ainda, pensando em todo esse contexto de isolamento social e a dificuldade do acesso à educação, o Jaleko apoia milhares de alunos por meio das mais de 10 instituições de ensino superior e mostra como é possível caminhar juntos para sanar dificuldades que apareceram junto à maior pandemia já enfrentada nos tempos modernos.

Atualmente, as faculdades precisam se reinventar, principalmente na área da saúde. Os estudantes precisam contar com suporte e reforços acessíveis na palma da mão o tempo todo. A startup Jaleko está sempre um passo à frente junto a competentes médicos professores, à tecnologia e à inovação.

História Jaleko: em 2011, antes de pensar em tempos de isolamento social, os médicos Lucas Cottini e Guilherme Weigert já pensavam a frente de seu tempo. Ainda estudantes, sentiam a necessidade do aprendizado moderno e prático. Diante de tantos problemas encontrados pelos então estudantes em relação à logística, desenvolveram o esboço de uma plataforma que entregasse tudo o que o aluno sentia necessidade em sala de aula. Com o passar do tempo, já como Jaleko, o projeto ganhou força, ampliou a atuação e se fortaleceu no mercado, sempre reafirmado o seu propósito de melhorar a saúde através da educação e tecnologia.